Anavitoria

Anavitória é um duo musical brasileiro formado por Ana Clara Caetano Costa (Goiânia, 5 de outubro de 1994) e Vitória Fernandes Falcão (Araguaína, 2 de maio de 1995). Lançaram seu primeiro EP em 2015, homônimo ao duo, menos de seis meses depois de terem sido descobertas pelo empresário artístico Felipe Simas. No ano seguinte, lançaram o seu álbum de estreia, sob a produção de Tiago Iorc, e intitulado também Anavitória. Por esse trabalho, o duo foi indicado em duas categorias no Grammy Latino, ganhando a categoria Melhor Canção em Língua Portuguesa pela canção “Trevo (Tu)”. Em 2018, lançaram seu segundo álbum de estúdio, O Tempo é Agora, novamente produzido por Iorc.

CARREIRA

2014–15: Início e primeiro trabalho

Ana Clara e Vitória Falcão estudaram na mesma escola em Araguaína, embora na época ainda não cantassem. Em 2013, já universitárias – Ana cursava medicina e Vitória, direito –, passaram a gravar vídeos interpretando canções de seus artistas favoritos, assinando ainda com seus nomes separados. Em 2014, foram descobertas por Felipe Simas, após lhe enviarem um vídeo em que interpretavam a música “Um Dia após o Outro”, de Tiago Iorc, cantor cuja carreira é gerenciada por Simas. Felipe logo as convidou para gravarem um EP e chamou Tiago para produzir esse trabalho, criando a gravadora independente Forasteiro. O duo foi batizado de Anavitória.

O EP Anavitória foi lançado em 2 de abril de 2015 e conta com duas músicas próprias (“Singular” e “Chamego Meu”) e duas regravações (“Cores”, da mineira Lorena Chaves, e “Tententender”, do duo gaúcho Pouca Vogal). O vídeo de uma cativante performance ao vivo de “Singular” foi postado junto com o lançamento do EP e virou imediatamente um fenômeno na internet.

 

2016–2017: Anavitória e EPs

Anavitória durante um show em março de 2017.
Após o sucesso com o EP de estreia, o duo lançou seu primeiro álbum, intitulado Anavitória, que conta com distribuição da gravadora Universal Music. Misturando música interiorana, MPB e pop, elas costumam definir seu próprio som como “pop rural”. Logo em seguida ao lançamento do disco, o duo iniciou sua primeira turnê por várias cidades do Brasil. A canção “Agora Eu Quero Ir” fez parte da trilha sonora da telenovela brasileira Malhação: Pro Dia Nascer Feliz e a canção “Dengo” entrou na trilha sonora da novela Pega Pega.

Em abril de 2017, o duo lançou a canção “Fica”, em parceria com a dupla sertaneja Matheus & Kauan, lançada com terceiro single do álbum e, em julho, participaram da canção “Linda”, do rapper brasileiro Projota. Em 1º de agosto de 2017, o duo recebeu seu primeiro disco de ouro pelas 40 mil cópias vendidas do álbum. O certificado foi entregue ao vivo durante a exibição do programa Música Boa Ao Vivo, do canal Multishow, apresentado pela cantora Anitta. Anavitória já entrou para a lista “Brazil Top 50” do Spotify com três músicas: “Agora eu quero ir”, “Trevo (Tu)” e “Fica”.

Em 11 de outubro de 2017, a dupla lançou o EP Anavitória Canta para Pessoas Pequenas, Pessoas Grandes e Não Pessoas Também, em especial do dia das crianças. Em 16 de novembro de 2017 ganharam o Grammy Latino na categoria Melhor Canção em Língua Portuguesa pela canção “Trevo (Tu)”, escrita por Ana Caetano e Tiago Iorc, e o álbum Anavitória recebeu uma indicação na categoria Melhor Álbum Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa, perdendo para Troco Likes Ao Vivo (2016) de Iorc.

 

2018–presente: Filme, documentário e O Tempo é Agora

Em junho de 2018, o duo saiu em uma mini-turnê com o cantor Nando Reis pelo Brasil. Ainda no mesmo mês, foi anunciado o longa-metragem Ana e Vitória. Definido como uma comédia e musical, o filme, com atuação e canções originais do duo, foi lançado nos cinemas do Brasil em 2 de agosto e na plataforma Netflix em 11 de outubro. O filme tem também no elenco nomes como Bruce Gomlevsky e Erika Mader. No mesmo dia do lançamento do filme, foi lançado o segundo álbum do duo O Tempo é Agora, que serviu como trilha sonora do longa-metragem.

Inspirada em acontecimentos reais, a narrativa acompanha dois anos na história das meninas Ana e Vitória (do momento em que se conhecem e decidem cantar juntas à consagração no mercado de música pop nacional). A trama se desenrola por meio de crises e encantamentos, além de relacionamentos amorosos sempre sob a ótica da juventude contemporânea. Em setembro de 2018, a cantora Sandy colaborou com o duo na canção “Pra Me Refazer”, sendo lançada como segundo single do álbum Nós, Voz, Eles (2018).

Em fevereiro de 2019 foi lançado o documentário Anavitória: Araguaína – Las Vegas, que documenta uma semana de 2017, onde o duo se apresentou na praça publica de sua cidade natal, e alguns dias depois estava em Las Vegas recebendo o Grammy Latino.

Características musicais

O duo se apresentando em São Paulo, setembro de 2018.
O nome artístico do duo, Anavitória, foi criado por seu empresário Felipe Simas com o intuito de evitar que elas fossem rotuladas como uma dupla sertaneja, uma vez que o “&” é uma forte marca de duplas sertanejas no Brasil. Apesar disso, a música do duo tem alguma influência do sertanejo, bem como da MPB. As principais referências do duo são artistas como Tiago Iorc, Mallu Magalhães e Nando Reis.

A música do Anavitória é geralmente uma combinação de folk e pop. O site Universo Online descreveu sua música como “calma, acústica, bucólica, meio fofinha e alto astral, boa para pensar no lado bom da vida.” Sérgio Martins, da Veja, descreveu o estilo delas como “folk fofinho”, acrescentando que se trata de “uma variante suave do rock rural que, nos anos 70, era capitaneado pelo trio Sá, Rodrix e Guarabyra.” José Teles, do Jornal do Commercio, descreveu como “pop” o álbum de estreia do duo e notou que ele possui elementos de formas tradicionais de música country e sertaneja.

As cantoras descrevem seu estilo como “pop rural”, acrescentando que o termo é “um jeito de unir o popular, que é a nossa música, com o canto que a gente veio, as músicas que crescemos ouvindo”. Elas também disseram que sua música é um “folk de forma abrasileirada. Tudo de maneira melódica e harmônica que se encaixe em letras que falam de amor.”

Ana toca violão e é a principal compositora da dupla. Sua mãe e seu irmão tocam violão e piano e foram sua principal influência para começar a tocar: “Acredito que quando meu irmão me ensinou os primeiros acordes no violão e pude criar uma melodia, me apaixonei. Isso se tornou parte da minha essência.” Ela começou a compor baseando-se em experiências pessoais e, posteriormente, começou a se “imaginar nas situações ou inventar histórias para abrir as possibilidades.”

Vitória também teve a música presente em sua casa desde cedo e cita seu pai como uma influência. Cantora desde a infância, aos 12 anos de idade ela começou a cantar na igreja: “Fazia meu show no quintal, fosse para minha família ou para as plantas da minha mãe […] qualquer roda de viola que eu estava perto, cantava.”

Please follow and like us:

Sandy Leah

Cantora

Ivete Sangalo

Cantora

Celine Dion

Cantora