Conheça um lugar do cerrado que já foi mar

O Brasil é um país com uma grande e rica biodiversidade. Há muitos lugares, em diferentes cantos do país, que possuem belezas singulares e que nem imaginávamos que existia. Uma dessas maravilhas naturais, pouco conhecida, é o Jalapão. Agora, o que dá pra imaginar menos, é que essa região do cerrado brasileiro já foi mar! Sim, há milênios atrás essa região era de águas marinhas e com o decorrer das mudanças atmosféricas e climáticas deu espaço para o cerrado e os oásis.

Localizado no Tocantins, à cerca de 300 km da capital Palmas, o Jalapão é uma região que engloba oito cidades do estado, dentre elas, Novo Acordo, Ponte Alta, Mateiros e São Félix. Ocupando uma área de 34 mil km², que  abrange distintos atrativos, tem uma paisagem exuberante de cachoeiras, lagoas e dunas. Especificamente na cidade de Mateiros, está o Parque Estadual do Jalapão; uma reserva brasileira de preservação da natureza local.

Com a vegetação predominantemente do cerrado, a região tem uma temperatura média de 30° célsius. As populações locais têm uma produção característica  e própria de confecção de artesanatos com capim santo e seda de buriti.

É um lugar atrativo para os amantes do ecoturismo. Porém, como não é um destino muito explorado, os meio de acesso são limitados, a via terrestre é a principal opção. É indicado o uso de carros com tração 4×4 para chegar à região, já que a estrada é predominantemente de terra.

Para hospedagem, não há luxo nem grandes redes de hotelaria, mas é possível se estabelecer em campings e pousadas. Há inclusive uma agência local que ajuda na locomoção e nos estabelecimentos. É recomendado uma estadia de mais ou menos cinco dias no Jalapão, para que se conheça sem pressa a região.

 

  Via Melhores Destinos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *